Adriana Selene Zanonato e Luiz Carlos Prado

Adriana Selene Zanonato e Luiz Carlos Prado

CURSO: "Histórias Terapêuticas: Um recurso poderoso no trabalho com famílias"
Adriana Selene Zanonato
Psicóloga, Terapeuta de Casais e Famílias, Especialista em Terapia Familiar e de Casais e em Terapias Cognitivo-Comportamentais.
Professora e Supervisora dos Cursos de Formação em Terapia Familiar e de Casais e em Terapias Cognitivo-Comportamentais do InTCC – Ensino, Pesquisa e Atendimento Individual e Familiar e em diversos Cursos em diferentes Estados do Brasil.
Coordenadora do Ambulatório de TCC de Infância e Adolescência e do Estágio de Clínica no InTCC.
Autora de diversos livros e trabalhos na área de famílias com crianças e diversas Histórias Terapêuticas.
Diretora de Divulgação da AGATEF/ABRATEF, gestão 2014/16.

Luiz Carlos Prado
Psiquiatra, terapeuta de famílias e casais, diretor geral do InTCC – Ensino, Pesquisa e Atendimento Individual e Familiar.
Especialista em Terapia Familiar e de Casais e em Terapias Cognitivo-Comportamentais.
Professor e supervisor dos Cursos de Especialização do InTCC – Terapias Cognitivo-Comportamentais e Terapia Familiar e de Casais, e em diversos Estados do Brasil.
Autor de diversos livros e trabalhos na área de Terapia de Casais e Famílias de crianças e adolescentes.
Presidente do XII Congresso Brasileiro de Terapia Familiar da ABRATEF – junho/2016.

RESUMO:
Nesse curso, os autores pretendem mostrar como a utilização de Histórias Terapêuticas pode ser um poderoso instrumento para o trabalho com famílias, em especial aquelas que possuem filhos crianças ou adolescentes. As várias histórias que os autores criaram serão mostradas, buscando levar os participantes a compreenderem em que situações cada uma delas poderá ser utilizada. “A disputa dos pensamentos” é uma história que mostra como trabalhar-se com as frequentes distorções da comunicação dos casais e famílias disfuncionais. “A derrota dos medos” pode ser útil com famílias que apresentem ansiedades, medos e inseguranças e “De minha boca saem cobras e lagartos” poderá ser utilizada nas famílias com problemas de descontrole da raiva e com impulsividade. “A menina aprisionada” é um rico recurso para trabalhar-se com famílias de crianças transgêneres e “A poção da falsa felicidade” para o trabalho com filhos de pais com dependência de álcool e outras substâncias. Todo esse trabalho, durante o curso, será ilustrado por exemplos clínicos ou trechos editados de entrevistas.