Helena Hintz e Marli Sattler

Helena Hintz e Marli Sattler

CURSO: "Ciúme e Infidelidade nas Relações Conjugais Atuais"
Helena Centeno Hintz
Psicóloga, Psicoterapeuta especialista em Psicoterapia Individual, de Casal e Família.
Fundadora, Coordenadora, Docente e Supervisora do DOMUS – Centro de Terapia de Casal e Família.
Editora da Revista Pensando Famílias.
Presidente da Associação Brasileira de Terapia Familiar – 2014/2016.
Presidente da Associação Gaúcha de Terapia Familiar – 2002/2004; 2006/2008.
Membro do Conselho Deliberativo e Científico da Associação Brasileira de Terapia Familiar – ABRATEF.
Editora da Revista da Associação Brasileira de Terapia Familiar – 2008/2014.
Membro do Comité Asesor Internacional da Revista Sistemas Familiares – ASIBA.
Autora e co-autora de capítulos e artigos sobre casal e família, sendo referentes ao tema do curso “O Ciúme no Processo Amoroso” (2003).
O Monstro dos Olhos Verdes no Ciberespaço: Ciúme e Redes Sociais (2014), Conjugalidade Homoafetiva: Construção e Possíveis Sentimentos (2015).
Transição da Conjugalidade para a Parentalidade: Implicações da Chegada dos Filhos para a Relação Conjugal (2015).

Marli Kath Sattler
Psicóloga, Mestre em Psicologia Clínica, Terapeuta de Casais, de Famílias e de Indivíduos, Curso na Inglaterra de Terapia Familiar (1985-1987), Fundadora, Coordenadora, Professora e Supervisora do Domus, Centro de Terapia de Casal e Família, desde 1990, com artigos e capítulos de livros publicados, entre eles, A Fidelidade Saiu de Moda? (2002) e As Raízes do Ciúme: uma Compreensão a Partir das Experiências Vivenciadas na Família de Origem (2015).

RESUMO:
Na pós-modernidade, as relações conjugais, muitas vezes, são entendidas como relações efêmeras, tendendo a certa brevidade. Ao mesmo tempo, essas relações apresentam sentimentos intensos e profundos, exigindo dos parceiros um envolvimento constante. Dentre os diferentes sentimentos, emoções e comportamentos da vida conjugal destacam-se a infidelidade e o ciúme percebidos como importantes causas de separação conjugal. Apesar de ambos serem componentes do relacionamento conjugal ao longo da história da humanidade, atualmente são entendidos e negociados sob uma nova ótica, permitindo que os casais possam dar outras oportunidades para o seu relacionamento através da busca de terapia.
Provavelmente, mas não por acaso, onde antes o amor era citado como o fator mais importante no relacionamento, a fidelidade passou a ser citada como o mais importante.
A origem do ciúme, as possíveis causas da infidelidade e possíveis intervenções terapêuticas serão explorados neste curso.
Serão exploradas neste curso as mudanças ocorridas nas relações conjugais nas últimas décadas que podem ocasionar o ciúme, as possíveis causas da infidelidade e intervenções terapêuticas.